10 fatos que você não sabia sobre o torneio

5

Você acredita? Com 113 anos de história, a CONMEBOL Copa América poderia escrever livros sem fim com histórias empolgantes que fariam vibrar todos os amantes do futebol pelo mundo.

Desde a edição no Uruguai em 1916, aos Estados Unidos, em 2016, apresentamos 10 curiosidades da CONMEBOL Copa América que você não conhecia:

  1. Pelé jogou somente em uma edição. Com apenas 19 anos, ‘O Rei’ disputou o Campeonato Sul-Americano de 1959, mas mesmo ao lado de Garrincha, Didí e Zagalo, com quem ganhou o Mundial em 1958, o Brasil não conseguiu fazer o mesmo na Argentina.
  1. O Paraguai disputou a final da CONMEBOL Copa América de 2011 sem vencer uma única partida. Empatou todos os três jogos da fase de grupos contra o Equador, Brasil e Venezuela; empatou nas quartas de final contra o Brasil e com a Venezuela nas semifinais, vencendo nos pênaltis. Na final, perdeu para o Uruguai por 3×0.

    Sentado, o famoso goleiro chileno Sergio Livingstone. CONMEBOL.com

8.Com 34 jogos, Sergio Livingstone é o jogador com mais participações no torneio. O último jogo do ex-goleiro chileno foi em 28 de março de 1953 contra a Bolívia. Os jogadores em ativa com mais participações na CONMEBOL Copa América são os argentinos Javier Mascherano (26), seu compatriota Lionel Messi (21) e o goleiro chileno Claudio Bravo (20).

7. O mexicano Luis Hernandez marcou na edição de 1997, na Bolívia, o gol número 2.000 da CONMEBOL Copa América. Foi no empate de 1 a 1 contra a Costa Rica, no dia 19 de junho, em Santa Cruz.

  1. A CONMEBOL Copa América Centenário, realizada nos Estados Unidos, em 2016, para comemorar os 100 anos do torneio, foi a primeira edição realizada fora do território sul-americano.
  1. Para a edição da Centenário CONMEBOL Copa América, um troféu especial foi projetado para ser entregue somente quando o torneio completasse 100 anos. Este troféu está nas mãos do Chile.
  1. Pela primeira vez na história da CONMEBOL Copa América, o torneio usará a tecnologia VAR (Video Assistant Referee). A Confederação Sul-Americana de Futebol já vem utilizando esse tipo de tecnologia em outros torneios como o CONMEBOL Libertadores e a CONMEBOL Sul-Americana.
  1. O primeiro gol da CONMEBOL Copa América foi marcado pelo uruguaio José Piendibene, no dia 2 de julho de 1916, quando o torneio era chamado de Campeonato Sul-Americano de Futebol. Foi aos 44 minutos do primeiro tempo contra o Chile, que terminou vencendo o Uruguai por 4×0 no estádio Gimnasia y Esgrima, em Buenos Aires.

    Martín Palermo durante uma partida contra a Colômbia em 1999. www.ovaciondigital.com.uy

  1. O atacante argentino Martin Palermo perdeu três penalidades na CONMEBOL Copa América de 1999, em Luque (Paraguai), em um jogo em que a Colômbia venceu a Argentina por 3×0. O curioso é que a equipe “cafetera” também cobrou dois pênaltis e perdeu um.1. Diego Armando Maradona jogou a CONMEBOL Copa América de 1979 com a camisa número 6 e não com a 10 da Seleção Argentina. O lendário jogador argentino estreou no torneio no segundo jogo do albiceleste, na derrota por  2 a 1 para o Brasil, no Maracaná.

    Diego Maradona (Esq.) acena para Zico (der.) no jogo entre Argentina e Brasil. https://depor.com

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario