O Uruguai e sua história na CONMEBOL Copa América
30-03-2022

Compartilhar:

A CONMEBOL Copa América é o principal torneio internacional de futebol entre seleções da América do Sul. A primeira edição aconteceu em 1916 em Buenos Aires, Argentina, e a República Oriental do Uruguai foi sede da Copa América pela segunda vez. A equipe da “Celeste” foi a campeã das duas primeiras edições. No começo, a competição foi conhecida pelo nome de Campeonato Sul-Americano até que, em 1975, mudou o nome definitivamente e é assim como é conhecida hoje em dia.

Com um total de 15 títulos, o Uruguai é uma das seleções mais vencedoras, junto com a seleção da Argentina. Os outros países que lideram a lista são: o Brasil (9), Paraguai, Chile e Peru (2), Colômbia e Bolívia (1).

 

Alguns dos dados curiosos que mais se destacam da seleção “celeste” são:

  • A seleção é uma das duas que obteve 3 bicampeontatos, junto com a seleção da Argentina (1916-1917; 1923-1924; 1983-1987).
  • O uruguaio Severino Varela é o maior artilheiro da história do seu país no torneio, totalizando 15 gols em 15 jogos.
  • Javier Ambrois, totalizando nove gols na edição de 1957, assim como Humberto Maschio (Argentina) e Jair (Brasil) são os jogadores que têm marcado mais gols na mesma edição.
  • Ángel Romano é o jogador charrua com mais partidas disputadas na competição, com 23 jogos. O segundo na lista é Roberto Porta (20).
  • 10 jogadores uruguaios se tornaram os maiores artilheiros de cada edição que tinham participado: Isabelino Gradìn (1916); Ángel Romano (1917 e 1920); José Pérez (1920); Pedro Petrone (1923, 1924 e 1927); Roberto Figueroa (1927); Héctor Scarone (1927); José María Medina (1946); Nicolás Falero (1947); Javier Ambrois (1957) e Carlos Aguilera (1983).
  • É a única seleção que ganhou o Prêmio Fair Play duas vezes.
  • Três jogadores do Uruguai foram escolhidos os melhores jogadores de futebol da edição que tinham participado: Rubén Sosa (1989), Enzo Francescoli (1995) e Luis Suárez (2011).
  • No total, a seleção do Uruguai disputou 206 encontros no torneio, totalizando 112 vitórias, 38 empates e 56 derrotas.

Compartilhar: