Venezuela vence Bolívia e se classifica em segundo no Grupo A

venegol2

A Venezuela derrotou a Bolívia por 3-1 na tarde deste sábado, em jogo disputado no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. Com este resultado, os venezuelanos garantiram o segundo lugar no Grupo B da CONMEBOL Copa América Brasil 2019.

Darwin Machis, com um gol trazido do vestiário (2′), colocou a Vinhotinto em vantagem após assistência de Ronald Hernández.

Os liderados por Dudamel tiveram o controle da bola e, portanto, do jogo, em grande parte do compromisso, contra uma seleção boliviana com quase nenhuma vocação ofensiva.

O segundo gol viria nos acréscimos, e novamente Machis (55′) se vestiria de goleador, desta vez após a assistência de Tomás Rincón, para estabelecer o tanto da tranquilidade para os venezuelanos.

O gol da Bolívia chegou no final (82′), em uma jogada que encontrou Leonel Justiniano diante do arco, após assistência de Diego Bejarano.

Mas para não deixar dúvidas, Josef Martínez colocou o terceiro da Venezuela aos 86′, depois de um bom passe na área de Soteldo, para garantir, de cabeça, o segundo lugar da equipe Vinhotinto.

A Venezuela espera um rival que sairá do Grupo B, o segundo desta chave, para enfrentá-lo nas quartas de final na sexta-feira (28), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, às 16h00.

– Estatísticas –

  • Venezuela venceu sua oitava partida na história da Copa América (65 PJ, 15E 42D), a menor quantidade para uma seleção da CONMEBOL no torneio; no entanto, sete das oito vitórias foram entre 2007 e 2019.
  • Venezuela bateu a Bolívia por 3 a 1 e acumulou duas vitórias em cinco partidas contra a Verde na Copa América (2E 1D).
  • Bolívia acumulou oito derrotas consecutivas na Copa América, nas quais recebeu 24 gols e marcou oito.
  • Venezuela venceu dois dos últimos seis duelos contra a Bolívia em todas as competições (2E 2D); foram os dois últimos confrontos: 3-1 pela Copa América 2019 e 5-0 em novembro de 2016, pelas classificatórias para a Rússia 2018.
  • Bolívia não venceu nenhum dos últimos 18 jogos da Copa América em que recebeu o primeiro gol da partida (2E 16D); a última vez que conseguiu virar o placar foi nas semifinais de 1997, 3-1 contra o México.
  • Venezuela passou a fase de grupos em quatro das últimas cinco edições da Copa América; antes dessa sequência, nunca havia superado a fase de grupos (13 participações).
  • Venezuela bateu a Bolívia por 3-1 e chegou a 50 gols convertidos na história da Copa América.
  • Darwin Machis marcou o gol mais rápido deste século na Copa América (1:15); além disso, ele se tornou o quarto venezuelano em marcar dois gols na história deste torneio, e o primeiro desde 1993: José Luis Dolgetta contra os Estados Unidos (Carlos Maldonado em 1989 contra a Colômbia, Antonio Ravelo em 1967 contra a Bolívia).
  • Rafael Dudamel é o primeiro técnico da Venezuela a conquistar três vitórias na Copa América: venceu a Bolívia por 3-1 nesta edição e teve duas vitórias em 2016 (1-0 contra a Jamaica e 1-0 contra o Uruguai).
  • Josef Martínez precisou de apenas 18 minutos em campo para converter seu primeiro gol na Copa América de 2019 (ele jogou 5 minutos contra o Brasil e marcou 13 minutos depois de entrar contra a Bolívia).



Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario