Rafael Dudamel: "Devemos continuar confiando nos que fazem justiça"

fbl-copa-america-2019-bra-ven

“Rafael Dudamel disse em conferência de imprensa em Salvador (nordeste), depois de analisar o jogo para a segunda data do Grupo A da CONMEBOL Copa América 2019, uma partida “quase perfeita” para a Vinotinto.

“Jogamos uma partida que foi quase perfeita e hoje estamos tocando com essa perfeição contra um rival de altos pergaminhos individuais e coletivos”, disse o técnico.

“O Brasil exigiu-o desde o primeiro minuto. O time entendeu e teve uma boa memória tática para entender e contra-atacar o adversário”, acrescentou.

O Brasil marcou dois gols, um de Gabriel Jesús aos 60 minutos e outro de Philippe Coutinho aos 86 minutos, mas ambos foram cancelados pelo VAR por impedimento de Roberto Firmino.

Dudamel disse que o empate sem gols “é um resultado histórico” para o futebol do seu país, mas pediu moderação antes da partida contra a Bolívia no sábado, em Belo Horizonte.

“Hoje foi um dia muito importante, mas este resultado terá um valor real no próximo jogo. Se não fizermos valer a pena buscar a classificação, esse resultado não terá servido de nada”, disse o jogador de 46 anos.

Dudamel admitiu que “faltava finesse no momento da associação e elaboração do jogo, e todo aquele produto que pressão imediata do Brasil para recuperar a bola”.

Com esse resultado, Brasil e Peru, que derrotaram a Bolívia por 3-1 no Maracaná na primeira partida do segundo dia da chave, lideram o grupo com 4 pontos. A Venezuela é a terceira colocada com 2 e a Bolívia é a quarta sem pontos.

A terceira e última data chave será jogada no sábado com as partidas Brasil-Peru em São Paulo e Bolívia-Venezuela em Belo Horizonte, ambas às 16H00 (19H00 GMT).

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario