Paraguay arrive quietly but ready to fight

par1

Último a chegar ao país do evento, o Paraguai já está treinando no Rio de Janeiro, ciente de seu momento e das exigências do torneio, mas não acredita nos favoritos: “Qualquer um pode surpreender nesta Copa América”, disseram os integrantes da equipe na sexta-feira.

La Albirroja está se preparando desde sexta-feira na Escola de Educação Física do Exército, em terras cariocas, sob o comando do argentino Eduardo Berizzo, com vistas ao duelo de domingo contra o Catar convidado, campeão da Copa da Ásia e sede da Copa do Mundo de 2022.

“Acompanhei de perto o meu adversário (Qatar) na Copa Asiática”, diz o meia do Shanghai Shenhua, Oscar Romero, após o trabalho físico. Eles revisaram táticas de ataque e defesa, manobras de estol e futebol em espaços apertados.

O Paraguai está no clima otimista depois de derrotar a Guatemala por 2 a 0 no amistoso que antecedeu o torneio, quebrando uma sequência de cinco anos sem vencer os duelos preparatórios. Eles empataram em 1 a 1 com Honduras.

O Albirrojo conquistou o título continental em 1953 e 1979 e tem um respeitável recorde continental e mundial.

-Se você puder, você chegará lá –

Ganhar a Copa não é o objetivo. Mas se deve fazer o possível. “Conhecemos o presente da nossa seleção, mas sabemos que devemos mostrar uma boa imagem”, disse Romero.

“Temos um grupo difícil. Mas queremos ir o mais longe possível”, disse o meia Derlis Gonzalez.

Com jogadores das ligas da Argentina, Brasil, México, Estados Unidos, Inglaterra, Espanha e Itália, a Albirroja está procurando encantar mais uma vez seus fãs.

Sua participação é mais direcionada ao aperfeiçoamento da equipe para as eliminatórias da Copa do Mundo. “Este torneio vai ser fundamental para que a DT faça suas avaliações e chegue da melhor forma para voltar a uma Copa do Mundo”, reconheceu Romero.

O experiente Óscar ‘Tacuara’ Cardozo, 35 anos, é o líder da equipe, e junto com ele estarão jovens talentos como Derlis González (Santos), Federico Santander (Bolônia), Cecilio Domínguez (Independiente), Miguel Almirón (Newcastle), Óscar Romero (Shanghai Shenhua), Fabián Balbuena (West Ham) e Gustavo Gómez (Palmeiras).

Uma vantagem? Para González, tanto ele e Gómez, bem como Balbuena (até 2018 no Corinthians) jogar com uma tribuna favorável. Eles sabem o quanto os brasileiros amam seus clubes locais.

O Paraguai fará sua estreia contra o Qatar no domingo, 16 de junho, no Maracanã. Seu grupo será aberto no dia anterior em Salvador (nordeste) com o duelo entre Argentina e Colômbia.

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario