Paolo Guerrero, um dos cinco grandes artiheiros do torneio

diseno-sin-titulo-88

O peruano Paolo Guerrero marcou três gols na edição do Brasil 2019 e marcou 14 na CONMEBOL Copa América, onde é o artilheiro que entrou no “Top Five” da história.

O capitão de 35 anos da equipe peruana também se tornou o artilheiro da CONMEBOL Copa América pela terceira vez, desta vez ao lado do jovem atacante brasileiro Everton, ambos com três gols.

Guerrero já havia sido o artilheiro das edições Argentina 2011 e Chile 2015, desta vez ao lado do chileno Eduardo Vargas, que com 12 gols é o segundo jogador ativo com mais gols no torneio de seleções mais antigo do mundo.

Guerrero agora participa do “Top 5” do ranking histórico, atrás do argentino Norberto Tucho Mendez e do brasileiro Zizinho, que lideram com 17 gols, e do peruano Teodoro Fernández e Severino Varela do Uruguai, que marcaram 15 cada um deles.

Se permanecer na seleção peruana por pelo menos mais um ano, o “Depredador” terá a chance de se tornar o artilheiro da história da CONMEBOL Copa América, quando Argentina e Colômbia receberem uma nova edição do torneio, o número 47.

O brasileiro Jair (1949) e o argentino Humberto Maschio e o uruguaio Javier Ambrois (ambos de 1957) detêm o recorde de gols na mesma edição do torneio, com nove gols.

– Esta é a lista dos artilheiros do torneio de seleções mais antigo do mundo, que começou em 1916:

1. Norberto ‘Tucho’ Méndez (Argentina) 17 goles

. Zizinho (Brasil) 17

3. Teodoro Fernández (Perú) 15

. Severino Varela (Uruguay) 15

5. Paolo Guerrero (Perú) 14

6. Ademir (Brasil) 13

. Jair Rosa Pinto (Brasil) 13

. José Manuel Moreno (Argentina) 13

. Héctor Scarone (Uruguay) 13

. Gabriel Batistuta (Argentina) 13

11. Roberto Porta (Uruguay) 12

. Ángel Romano (Uruguay) 12

. Eduardo Vargas (Chile) 12

14. Víctor Ugarte (Bolivia) 11

. Herminio Masantonio (Argentina) 11

16. Javier Ambrois (Uruguay) 10

. Pedro Petrone (Uruguay) 10

. Héctor Castro (Uruguay) 10

. Oscar Gómez Sánchez (Perú) 10

. Enrique Hormazábal (Chile) 10

. Arnoldo Iguarán (Colombia) 10

. Ángel Labruna (Argentina) 10

. Ronaldo (Brasil) 10

. Didí (Brasil) 10

25. Lionel Messi (Argentina) 9

. Sergio Agüero (Argentina) 9

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario