"Nós fomos superados", reconheceu o treinador do Peru

diseno-sin-titulo-20

O técnico do Peru, Ricardo Gareca, assumiu “responsabilidade total” pela vitória do Brasil por 5-0 em São Paulo no sábado, dia 22 de junho, e considerou que o grande placar foi conseqüência de um “grande” adversário que “em grande parte” os derrotou.

“O mais importante é aproveitar tudo isso que nos aconteceu, embora seja doloroso, para todas as pessoas que vieram e para nós em particular”, disse o técnico argentino na conferência de imprensa pós-jogo.

“Assumo toda a responsabilidade que eu, que sou o piloto e fui o único que aumentou o jogo”, acrescentou. “Para um resultado desta natureza, temos de repensar muitas coisas”, disse ele.

Os peruanos perderam por 5 a 0 no Estádio Arena Corinthians para os anfitriões, que se classificaram para as quartas de final após a vitória como líderes do Grupo A.
Por sua vez, a vitória por 3-1 da Venezuela sobre a Bolívia em Belo Horizonte classificou La Vinotinto como o segundo colocado da zona, de modo que o Peru, com quatro pontos e uma diferença de -4 gols, depende dos outros jogos para se classificar como o melhor terceiro colocado.

“Não somos mais dependentes de nós, então temos que esperar, é uma situação desconfortável e, logicamente, tínhamos outras expectativas”, disse ele.

O “Tigre” disse que a vitória “dói na alma” de sua equipe, mas disse que a seleção comandada por ele “deu mais alegria do que vergonha”.

“Dentro deste caminho há obstáculos, temos que seguir, temos que superá-los, temos que nos acomodar novamente, é a única coisa que posso analisar, temos que ver e encontrar o caminho de volta”, disse ele.

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario