"Foi definitivo para o Chile adicionar pela série como ela é", reconheceu Rueda.

fbl-copa-america-2019-ecu-chi

“Para o Chile, era definitivo adicionar pela série como ela é”, disse o técnico do Chile, Reinaldo Rueda, na sexta-feira, após a vitória por 2-1 sobre o Equador, que lhe rendeu uma vaga nas quartas de final da Copa América América CONMEBOL Brasil-2019.

“Sabíamos que seria um jogo difícil, porque o Equador, que perdeu para o Uruguai, não seria o que enfrentamos. E assim foi. Foi definitivo adicionar para a série como ela é e mais para o resultado de Uruguai – Japão (2 a 2)”, disse Rueda em entrevista coletiva em Salvador, Bahia.

José Fuenzalida, 8 minutos depois, e Alexis Sánchez, 51 minutos depois, marcaram os gols da Roja. Enner Valencia, de pênalti aos 26′, havia obtido o empate parcial do Tricolor na partida que foi disputada na Arena Fonte Nova diante de 11.946 espectadores.

O treinador colombiano reconheceu que o bicampeão da defesa não jogou de forma atraente, principalmente “porque o Equador não nos facilitou a vida”.

“Faltou-nos inteligência para controlar o jogo depois do primeiro golo. O Equador reagiu muito bem e conseguiu o empate no momento em que perdemos a ordem”, disse ele.

“Faltou-nos esse controle mental para assimilar o 1-0 a favor e fazer um jogo melhor”, disse Rueda, ex-técnico do Equador na Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Na terceira e última rodada, segunda-feira no mítico Maracanã, o Chile vai definir com o Uruguai, segundo com 4 pontos, o primeiro lugar da chave.

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario