Chile se prepara para defender o título contra o Japão

japonvschile-777px

Na segunda-feira, no Morumbi, a Roja enfrentará os asiáticos na primeira rodada do Grupo C.

Com Alexis Sánchez recuperado e o veterano Arturo Vidal, o Chile iniciará a defesa do título da Copa América contra o rejuvenescido Japão com a promessa do Real Madrid, Takefusa Kubo.

O time comandado pelo colombiano Reinaldo Rueda tentará igualar o recorde argentino de três títulos consecutivos ao enfrentar o Japão às 20h (Brasília) no Estádio Morumbí, em São Paulo. Os sul-americanos nunca derrotaram os asiáticos: (em 2008, empataram em 0 a 0 e, em 2009, o Japão marcou 4 a 0).

Para alcançar a marca que a Albiceleste vem protegendo desde meados do século XX, o técnico Reinaldo Rueda, da Colômbia, tem todo o plantel à sua disposição para a abertura do Grupo C, que completa Uruguai e Equador.

“Eles são rivais com um grande crescimento na sua cultura futebolística. Essa cultura oriental tem dois fatores fundamentais … respeito e disciplina”, disse Rueda.

O colombiano preparou uma equipe que tem a espinha dorsal do time que venceu o bicampeonato americano com Alexis Sanchez liderando o ataque junto com Eduardo Vargas, além dos defensores Gary Medel e Mauricio Isla e dos meio-campistas Charles Aránguiz e Vidal. Ao seu lado, novas caras, como o goleiro Gabriel Arias ou o meio-campista Erick Pulgar.

– A pérola –

O Japão volta a solo americano para lutar pela segunda vez, como convidado, na mais antiga competição das seleções nacionais, a CONMEBOL Copa América Brasil 2019. Há duas décadas, ele esteve no Paraguai, de onde voltou com um dos nove pontos possíveis.

Com uma média de idade de 22 anos em sua equipe, Hajime Moriyasu leva o campeonato entendendo a importância dos rivais que enfrentará.

“Vamos enfrentar alguns dos melhores jogadores do mundo”, disse DT. “Há muita coisa que temos de aprender e tirar da competição.

Prováveis alinhamentos:

Chile: Gabriel Arias; Guillermo Maripán, Mauricio Isla, Gary Medel, Jean Beausejour; Erick Pulgar, Charles Aránguiz, Arturo Vidal; Alexis Sánchez, Eduardo Vargas e José Pedro Fuenzalida.
DT: Reinaldo Rueda.

Japão: Keisuke Osako; Naomichi Ueda, Ko Itakura, Takehiro Tomiyasu; Tatsuya Ito, Gaku Shibasaki, Hiroki Abe, Koji Miyoshi; Takefusa Kubo, Shinji Okazaki, Shoya Nakajima.
DT: Hajime Moriyasu.

Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR)

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario