Chile defende o título ante Colômbia

colombiavschile-777px-2

Em uma esquina, o campeão defende ferozmente seu duplo cinturão; na outra, o desafiante se aquece pensando em jogá-lo na lona. O Chile e a Colômbia se enfrentarão nesta sexta-feira em um duelo de pesos-pesados nas quartas de final da CONMEBOL Copa América do Brasil.

O choque por um bilhete para a semifinal do torneio continental será disputado às 20h00 locais (23h00 GMT) no estádio Arena Corinthians, em São Paulo.

O vencedor enfrentará nas semifinais o vencedor entre Uruguai e Peru, que jogarão no sábado, em Salvador.

– Impor hierarquia –

A geração dourada do Chile sabe o que é fazer história. Em suas costas, o grupo de Gary Medel, Alexis Sánchez e Arturo Vidal carregam as copas da América de 2015 e 2016.

Com o impulso de ter passado a fase de grupos – vitórias contra o Equador e o Japão, derrota com o Uruguai – A Roja sente o retorno da fortaleza que conquistou a América.

Sob a liderança do cafeteiro Reinaldo Rueda, enfrentarão uma incrível Colômbia, que terminou a primeira rodada com uma pontuação perfeita depois de eliminar Argentina, Catar e Paraguai. E que em sete partidas – contando amistosos – liderada pelo português Carlos Queiroz, recebeu apenas dois gols.

O colombiano repetiria a nômina que bateu os japoneses e equatorianos, e respira aliviado pela recuperação de uma moléstia de seu capitão, Gary Medel.

– Reverter a história –

A Tricolor anunciou que ainda não quer sair do Brasil. Nos Estados Unidos – 2016 os chilenos venceram por 2-0 nas semifinais e depois ergueram o troféu.

Cafeteiros e chilenos entraram em confronto três vezes nos jogos eliminatórios diretos da Copa América. A Roja venceu todos.

Queiroz os deixou, na quinta-feira, como favoritos no duelo, embora tenha avisado que eles não farão seu caminho fácil.

James Rodríguez e Juan Guillermo Cuadrado liderariam a ofensiva onde estariam, desde o início, Duván Zapata e Roger Martínez, as apostas de Queiroz que responderam a sua confiança com gols. O capitão Falcao Garcia iria ao banco.

Possíveis formações:

Chile: Gabriel Arias – Mauricio Isla, Gary Medel, Guillermo Maripán, Jean Beausejour – Erick Pulgar, Charles Aránguiz, Arturo Vidal – José Fuenzalida, Eduardo Vargas, Alexis Sánchez. DT: Reinaldo Rueda.

Colômbia: David Ospina – Stefan Medina, Yerry Mina, Davinson Sánchez, William Tesillo – Juan Guillermo Cuadrado, Wilmar Barrios, Mateus Uribe – Roger Martínez, Duván Zapata, James Rodríguez. DT: Carlos Queiroz.

Árbitro: Néstor Pitana (ARG).

AFP/CONMEBOL.com

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario