Brazil and Paraguay seeking the first place in the semifinals

brasilvsparaguay-777px

Brasil e Paraguai se reunirão nesta quinta-feira, as quartas de final da CONMEBOL Copa América Brasil 2019, será um encontro com história e paixão, também, um jogo de previsão incerta, onde a equipe com mais inteligência e menos erros vai dominar.

A partida terá lugar na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, quando o relógio no Brasil marque ás 21:30hrs. No caso de empate no minuto 90, o lugar nas semifinais será definido a partir do pênalti.

Sem equilíbrio

Para o técnico Adenor Bacchi ‘Tite’, Casemiro é uma parte fundamental do seu time no meio de campo. Desde que o meio-campista do Real Madrid fez parte do time principal, o Brasil não foi derrotado.

Além de ser um amuleto da sorte, Casemiro dá ao Canarinha o equilíbrio necessário entre defesa e ataque, mas uma suspensão devido ao acúmulo de cartões amarelos não lhe permitirá enfrentar o Paraguai.

O técnico brasileiro optaria por Fernandinho para substituir Casemiro no meio-campo. A única dúvida na equipe anfitriã, que encontrou no Everton, jogador do Grêmio, é a inconsistência e os gols anotados na ausência de Neymar.

Everton vai jogar no estádio onde todos os domingos ele faz vibrar a torcida local. Um incentivo que será usado por Tite no jogo contra os Guaranís. À direita, Gabriel Jesus é agora a alternativa para Richarlison. No centro, Roberto Firmino permanece inquestionável.

O Brasil chegou às quartas de final depois de ser o primeiro do Grupo A (7 pontos). Na primeira fase, eles derrotaram a Bolívia 3-0, empataram com a Venezuela 0-0 e venceram o Peru  5-0.

– Jamais desistir –

O Paraguai chegou a esta fase sem nenhum triunfo. Dois empates em 2 a 2 com o Qatar e um empate em 1 a 1 com a Argentina, além da derrota por 1 a 0 para a Colômbia, significam que o Paraguai tem dois pontos no Grupo B.

A história tem sido boa com a “Albirroja” nas últimas partidas da CONMEBOL Copa América contra o Brasil e precisamente nas quartas de final, eles foram bem-sucedidos nos pênaltis (2011 e 2015).

A força defensiva será essencial para o Paraguai. Se conseguirem resistir aos ataques do Brasil, terão boas chances de chegar ao gol com atacantes rápidos, como Miguel Almirón ou Derlis González, que já impressionaram contra a Argentina.

Para o técnico Eduardo Berizzo, o jogo se concentrará na zona paraguaia, mas se conseguirmos sair dessa tensão, o Paraguai terá “equipe e futebol para enfrentar as quartas de final com autoconfiança, mas não devemos cometer erros em nenhuma de nossas linhas”.

Estatísticas do Brasil vs. Paraguai

·         A última vez que Brasil e Paraguai se enfrentaram na CONMEBOL Copa América foi também no dia 27 de junho e nas quartas-de-final; aconteceu em 2015 e a Albirroja passou para as semifinais nos pênaltis.

·         O Paraguai agora tem quatro jogos sem derrota contra o Brasil na CONMEBOL Copa América (1V 3E); os mais recentes foram dois empates nas quartas de final e a Albirroja avançou nos pênaltis.

·         O Brasil perdeu apenas dois de seus 38 jogos em casa para o Paraguai em todas as competições (26V 10E); essas derrotas foram em agosto de 2002 (0-1) por um amistoso, e em maio de 1949 (1-2) pela CONMEBOL Copa América.

·         O Brasil disputará as quartas de final da CONMEBOL Copa América pela décima vez desde que o formato atual é disputado (1993); não aconteceu apenas na edição anterior (2016).

·         O Brasil tem três jogos em uma sequência invicta na CONMEBOL Copa América (2V 1E); é a sua maior sequência na competição desde 1997 (3V).

·         O Paraguai é o primeiro time a passar da fase de grupos de uma Copa América CONMEBOL com apenas dois pontos, já que três pontos são conquistados por cada vitória (1995).

·         O Paraguai venceu apenas uma de suas últimas 20 partidas da CONMEBOL Copa América (11 empates, 8 derrotas); a única vitória foi de 1-0 sobre a Jamaica em 2015. De qualquer forma, eles chegaram à final em 2011 e às semifinais em 2015.

·         O Paraguai não venceu uma partida das quartas de final da CONMEBOL Copa América (4 empates, 4 derrotas), mas eliminou o Brasil nos pênaltis em suas duas últimas ocasiões (2011 e 2015).

Possíveis formações:

Brasil: Alisson – Dani Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Filipe Luis – Arthur, Philippe Coutinho, Fernandinho – Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Everton.
Coach: Tite

Paraguai: Roberto Fernández – Iván Piris, Gustavo Gómez, Junior Alonso, Santiago Arzamendia – Derlis Gonzalez, Rodrigo Rojas, Miguel Almirón, Richard Sánchez, Matías Rojas – Oscar Cardozo.
Coach: Eduardo Berizzo.

Estádio: Arena do Grêmio (Porto Alegre)

Árbitro: Roberto Tobar (Chile)

Horário: 21:30, Brasília

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario