Bolívia "tem que jogar contra a Venezuela" entende seu DT Eduardo Villegas

fbl-copa-america-2019-bol-per

A DT da Bolívia, Eduardo Villegas, disse que depois da derrota por 3-1 para o Peru na terça-feira, os montanheses “terão que jogar” contra a Venezuela no terceiro e último dia do Grupo A.

A Bolívia, que sofreu duas derrotas em dois jogos, ainda tem chances de se classificar como uma das duas melhores terceiras seleções classificadas para a fase de grupos.

“Temos de ir jogar contra a Venezuela. Com os ingredientes que este jogo tem tido de agressividade, intenções de atingir o objetivo rival, e maior pressão, vamos procurar o jogo, é a nossa última chance”, disse ele em entrevista coletiva no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

“No futebol não se pode dar tanta distância como se deu ao Guerrero”, disse ele, referindo-se ao atacante brasileiro do Internacional de Porto Alegre.

Villegas disse, no entanto, que o bom desempenho do primeiro tempo, “que não pôde ser consolidado nos segundos 45 minutos”, dá-lhe “alguma paz de espírito”.

“Se (os jogadores bolivianos) perderem o medo do palco, podem deixar ir e atacar qualquer adversário”, acrescentou, referindo-se à Venezuela, com quem enfrentará no próximo sábado, 22 de junho, em Belo Horizonte.

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario