Berizzo destaca o "coragem" do Paraguai

py

O técnico do Paraguai, Eduardo Berizzo, ficou honrado com “o coragem” que seus jogadores mostraram no jogo contra o Brasil que terminou com a derrota dos paraguaios na disputa dos pênaltis por 4-3, depois de empatar sem gols nas quartas de final da Copa América.

Derlis Gonzalez falhou e Gabriel Jesus marcou o pênalti decisivo na disputa de pênaltis, dando a classificação para o Brasil (4-3), a primeira semifinal da “Canarinha” em 12 anos.

“O coragem de hoje mostra que a equipe tem se sentido orgulhosa”, disse o técnico argentino em conferência de imprensa no final do jogo.

O Paraguai teve “um jogo para destacar”.  Gostaria de parabenizar meus jogadores pelo jogo que eles fizeram, mesmo com a dificuldade de jogar com um homem menos no campo por tanto tempo “, acrescentou.

O time guarani jogou com dez jogadores desde o minuto 58 pela expulsão de Fabián Balbuena.

Sobre o infortúnio de González e Gustavo Gomez, cujo pênalti foi parado por Alisson, o treinador lançou: “Sento aos meus jogadores em todas as situações, porque eu reconheço a entrega total deles.”

O Paraguai teve um desempenho “corajoso e digno” e “precisamos continuar trabalhando para transformá-lo em uma equipe muito dura e muito perigosa”, concluiu.

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario