Belo Horizonte, uma cidade de futebol na que comença o Grupo C

29

Uruguai e Equador começam sua participação na Copa América Brasil 2019 da CONMEBOL no Mineirão, em Belo Horizonte, uma cidade de futebol.

Os belo-horizontinos, em sua grande maioria, vivem em função da rivalidade entre os dois maiores clubes da cidade: Atlético Mineiro e Cruzeiro. O América Futebol Clube, também chamado de Coelho, é um rival tradicional, que teve grande sucesso no século XX. Seu estádio histórico, o Independência, foi um dos que sediou a Copa Mundo da FIFA em 1950.

No entanto, o principal estádio do Estado de Minas Gerais é o Governador Magalhães Pinto, conhecido como Mineirão, que recebeu inúmeras finais nacionais e internacionais. Foi modernizado para a Copa Mundo de 2014 e sediará uma das semifinais da CONMEBOL Copa América Brasil 2019. No passado, o Mineirão conseguiu receber mais de 100.000 espectadores. Após as recentes reformas para a Copa das Confederações e para a Copa Mundo de 2014, consegue receber mais de 60.000 torcedores.

Entre os sucessos esportivos dos clubes de Belo Horizonte, o Atlético Mineiro foi o vencedor da primeira edição do Campeonato Brasileiro, em 1971, e teve a honra de ter nas suas fileiras talentos como Reinaldo, Toninho Cerezo e Éder e, recentemente, Ronaldinho.

O Atlético é o maior vencedor do Estadual de Minas Gerais, com 44 títulos. Seu título mais recente foi em 2017. Localmente também conquistou a Copa do Brasil em 2014.

Internacionalmente, tem a Recopa Sudamericana em 2014, a CONMEBOL Copa Libertadores em 2013 e a Copa Conmebol em 1997.

Enquanto isso, a coleção de troféus do Cruzeiro vai desde de duas CONMEBOL Libertadores (1976, 1997), duas Supercopas Sul-Americanas (1991, 1992), quatro Campeonatos Brasileiros (1966, 2003, 2013, 2014), seis Copas Brasileiras (1993, 1996, 2000, 2003, 2017, 2018), Copa Ouro CONMEBOL (1995), Copa Master (1995) e a Recopa (1998).

A Raposa foi o primeiro degrau da carreira de figuras como Tostão e Ronaldo.

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario