As seleções de Uruguai e Peru se enfrentam no último lugar da semifinal

uruguayvsperu-777px-2

As equipes do Uruguai e do Peru se encontrarão neste sábado nas quartas de final da CONMEBOL Copa América – Brasil 2019, buscando o último ingresso para a próxima etapa.

Uruguaios e peruanos se enfrentarão na Arena Fonte Nova em Salvador, a partir das 16:00 horas (19H00 GMT).

O Uruguai não chegava às quartas de final desde a Argentina-2011, quando foi campeão americano pela décima quinta vez. Em ambos Chile-2015 e no Centenário de 2016 dos EUA, eles ficaram na fase de grupos.

Para o Peru, por outro lado, uma vaga nas quartas de final significa uma vaga igual à de três anos atrás, quando foi eliminado pela Colômbia nos pênaltis.

– Uma Celeste de luxo –

A Seleção Celeste recuperou para o duelo contra o Incas o meio-campista Lucas Torreira, ausente contra o Chile por causa de um problema de estômago.

O treinador Óscar Tabárez pode se dar ao luxo de ter sua ótima equipe em condições de enfrentar esta fase decisiva da Copa esperando que os jogadores de ataque, a dupla Suárez-Cavani, continuem marcando gols no torneio.

“Não pensar no Peru seria desrespeitar um país, alguns colegas. Todas as equipes cresceram, não se ganha com a camisa, é preciso jogar”, disse Federico Valverde, o jovem meio-campista do Real Madrid, que está pronto para jogar contra os peruanos.

O Uruguai mostrou o seu potencial apesar do empate 2 – 2 contra o Japão. Na apresentação do Grupo C, eles derrotaram o Equador por 4 a 0 e, na fase final, derrotaram a Roja por 1 a 0.

– Recuperando o sorriso –

Com a derrota por 5 a 0 para o Brasil na partida final do Grupo A o Peru foi atacado pelas críticas, apenas um ano após as suas melhores atuações nas eliminatórias para a Copa do Mundo contra a Rússia, após 36 anos de ausência.

O “Tigre” Gareca assumiu toda a responsabilidade pelo atual Blanquirroja, sabendo que uma vitória sobre a Celeste pode ser a fórmula para voltar a um bom momento.

O time inca começou sua jornada por esta Copa com um empate sem gols contra a Venezuela, onde era superior, mas não podia traduzi-la nas redes, que se fosse contra a Bolívia (2-1) no segundo jogo.

“Não considero o Uruguai como favorito. Nas partidas contra eles, obtivemos bons resultados ou eles também. Ambas as equipas ganharam e perderam, está tudo igual. Não há favoritos”, disse Carlos Zambrano, que está pronto para voltar à formação inicial depois de se recuperar de sua lesão.

Possíveis formações:

Uruguay: Fernando Muslera – Giovanni González, José María Giménez, Diego Godín, Martín Cáceres – Lucas Torreira, Federico Valverde, Rodrigo Bentancur, Giorgian De Arrascaeta o Nicolás Lodeiro – Luis Suárez y Édinson Cavani.
DT: Óscar Tabárez.

Perú: Pedro Gallese – Luis Advíncula, Carlos Zambrano, Luis Abram, Miguel Trauco – Renato Tapia, Yoshimar Yotún – André Carrillo, Christian Cueva, Edison Flores – Paolo Guerrero.
DT: Ricardo Gareca.

Árbitro: Wilton Sampaio (BRA).

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario