Jack Greenwell, o único treinador europeu campeão da América

jack-greenwell-fc-barcelona-web

Técnico inglês liderou a equipe Inca que conquistou o título da CONMEBOL Copa América em 1939.

O nome de Jack Greenwell pode parecer desconhecido para as novas gerações, mas foi, sem dúvida, um personagem importante que influenciou positivamente o futebol sul-americano.

Greenwell nasceu na cidade histórica de Crook, nordeste da Inglaterra, em 12 de setembro de 1884. Mais tarde, morreu em 7 de outubro de 1942, em Bogotá (Colômbia). O esporte foi a causa que fez este jogador e treinador inglês chegar ao continente sul-americano, onde conquistou em 1939 a CONMEBOL Copa América, dirigindo a seleção peruana.

O jogador-treinador

Seu início como jogador foi no Crook Town da Liga Amadora da Inglaterra, seguindo depois para o Auckland Wanderers, da Inglaterra, antes de chegar ao Barcelona em 1912. Em 1913, não só era jogador do Barcelona, mas também se tornou treinador do clube catalão, combinando ambas as funções. Permaneceu no clube até agosto de 1923 e ganhou três campeonatos espanhóis (1912/13, 1919/20 e 1921/22), cinco campeonatos catalães (1915/16, 1918/19, 1919/20, 1920/21 e 1921/22), e uma Copa dos Pirineus (1912/13).

Depois de passar por outros clubes na Espanha, como U. E. Girona e U. E. Sants, Castellón, R.C.D Espanhol e Valência, Greenwell retornou ao Barcelona onde ficou entre 1931 e 1933.

Jack Greenwell foi o treinador que passou mais anos nessa posição no FC Barcelona, ​​e o terceiro com mais títulos, com 10, só superado por Johan Cruyff (11) e Josep Guardiola (14).

 Vibrando na América do Sul 

Uma oferta para dirigir a equipe nacional do Peru veio enquanto Greenwell era treinador da seleção nacional turca. Desta forma, chegou à América do Sul em 1938. Não apenas assumiu a seleção nacional peruana, como também dirigiu o Clube Universitário de Deportes. Com a seleção, venceu o Campeonato Bolivariano que foi disputado em Bogotá (Colômbia). Com o Universitário, ganhou o Campeonato Nacional Peruano em 1939.

Naquele mesmo ano, 1939, fez vibrar todo o Peru, levando a seleção a conquistar seu primeiro título da CONMEBOL Copa América, torneio que na época era chamado de Campeonato Sul-Americano. Nesta edição do torneio continental, participaram ainda Chile, Equador, Paraguai e Uruguai.

O Peru venceu todos os jogos com 13 gols marcados, e só 4 sofridos, no torneio disputado em cinco dias.

Liderada por Greenwell, a equipe peruana experimentou uma mudança total. Todo o país Inca vibrou com o comando do britânico à frente da equipe nacional. No total, foram 8 jogos, com 8 vitórias, 31 gols marcados e 8 sofridos. Antes de Greenwell, o Peru jogou 11 partidas e marcou apenas quatro gols.

Na Colômbia 

Em 1940, ele chegou à Colômbia, contratado para dirigir a equipe nacional que iria participar dos V Jogos Centro-Americanos e do Caribe, que acabaram sendo suspensos devido aos problemas geopolíticos vividos no mundo naquela época.

Mais tarde, em 1942, assumiu o comando do Independiente Santa Fé, uma equipe que não conseguiu aproveitar a plenitude do conhecimento de Greenwell, devido ao seu falecimento em 7 de outubro daquele ano, em Bogotá.

Sem dúvida, o britânico Jack Greenwell ocupa um capítulo especial na história do futebol sul-americano. Um dos melhores treinadores da época, que se tornou o primeiro e único técnico europeu a conquistar o título da CONMEBOL Copa América, feito que mantém há 80 anos.

Na CONMEBOL Copa América Brasil 2019, o português Carlos Queiroz, à frente da seleção colombiana, terá a chance de se tornar o segundo europeu a conseguir esse reconhecimento.

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario