De Gardelito a Zincha, as mascotes da CONMEBOL Copa América.

portada

A partir de 1987 a figura das mascotes foi incluída no torneio: conheça quais foram com o nosso infográfico interativo.

Um dos ícones da CONMEBOL Copa América é a sua mascote, uma das figuras que representa o torneio. No entanto, apenas 71 anos após a sua criação, a competição começou a incorporar a figura da mascote com a criação de ‘Gardelito’ na Argentina 87 ‘.

Você tem a palavra. Escolha aqui o nome da mascote da CONMEBOL Copa América Brasil 2019

Conheça as mascotes da CONMEBOL Copa América desde 1987 até 2015:

Gardelito: Em alusão ao famoso cantor argentino de tango Carlos Gardel, a CONMEBOL Copa América Argentina de 1987 teve ‘Gardelito’. Sapatos de salto, bola no pé direito, camisa e lenço com as cores da bandeira da Argentina, acompanhavam o penteado e o sorriso do inesquecível cantor de tango.

Tico: Para a edição de 1989 do Brasil, baseada em um Zorzal Sabiá, uma ave típica da região, ‘Tico’ foi escolhido para ser a mascote do torneio. Camisa azul,shorts brancos, chuteiras e meias azuis, carregando uma bola, era a imagem que representou o torneio há 30 anos.

Guaso: Para a CONMEBOL Copa América de 1991, o ‘Guaso’ foi escolhido como mascote do torneio. Guaso era um desenho estilizado, representando os huasos chilenos, vestido com a bandeira chilena e uma bola.

Choclito: Um milho, um dos alimentos mais tradicionais do Equador, foi escolhido para ser a mascote da CONMEBOL Copa América de 1993. ‘Choclito’ era um milho vestido com as cores da bandeira equatoriana e pernas que dominavam a bola.

Torito: Aproveitando a importância da pecuária no Uruguai, a mascote do torneio jogado em 1995 foi ‘Torito’, um touro vestido com o uniforme azul uruguaio e a tradicional bola com manchas pretas e brancas.

Tatú: Um tatu que vestia à camisa da Seleção Nacional da Bolívia, foi escolhido para ser a mascote da CONMEBOL Copa América em 1997. O animal sorridente também tinha botas pretas e uma bola.

Taguá: A CONMEBOL Copa América Paraguai de 1999 foi disputada no Paraguai e ‘Taguá’ foi escolhido como a mascote do torneio. Taguá é uma espécie de porco, mas também é conhecido como javali. Acreditava-se que já estava extinto, mas em 1970 foram encontrados no Chaco paraguaio. Como mascote do torneio, apareceu com uma bola, botas pretas e vestido com as cores da bandeira do Paraguai e segurando uma bebida popular chamada Tereré.

Amériko: Para a competição que foi disputada em 2001 na Colômbia, o ‘Amériko’ foi escolhido como mascote. Era um jogadorextraterrestre azul turquesa, com olhos azuis e seu nome vem da tradução da América para o Esperanto.

Chasqui:Chasqui é um nome que se refere aos antigos mensageiros incas. É por isso que foi escolhido como mascote da CONMEBOL Copa América Peru 2004. O “Chasqui” consistia em um personagem indígena peruano, vestindo a camisa da Seleção Nacional Peruana. Na cabeça, usava uma fita multicolorida com duas penas e brincava com a bola com pés descalços.

Guaky: Na Venezuela 2007, a CONMEBOL Copa América teve como mascote ‘Guaky’ uma arara vestida com a camisa da seleção venezuelana e em suas asas a bandeira do país. A cauda tinha as cores da bandeira e suas botas pretas tinham três linhas com as mesmas cores.

Tangolero: Uma avestruz, também conhecida como ema, é uma ave nativa da América do Sul. Foi escolhida como a mascote para a CONMEBOL Copa América Argentinade2011. A Ema estava vestida com o uniforme da Seleção Argentina e tem a bola oficial do torneio.

Zincha: Após a eleição dos torcedores, a mascote da CONMEBOL Copa América Chile 2015 foi chamada de ‘Zincha’. O nome de Zincha aparece graças à função das palavras Zorro e Fan. Zincha era uma raposa original do sul do país. Suas pernas eram laranja, azul e vermelho, e sua forma mostrava a cultura indígena do Chile.

Entradas
Equipos
Ciudades
Calendario